A seleção argentina ainda não engoliu a derrota para o Brasil na semifinal da Copa América. Na véspera da disputa pelo terceiro lugar contra o Chile, o técnico Lionel Scaloni disse que a revolta pelos dois pênaltis não marcados para a sua equipe só aumenta com o passar dos dias. "Aconteceu uma coisa muito curiosa. Logo depois de uma derrota, normalmente, a gente ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários