O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira (12) no CT Joaquim Grava, em São Paulo, para explicar o ofício enviado para a Federação Paulista de Futebol (FPF), à Polícia Militar e ao Ministério Público. "Se quebrar o vidro não entra no campo. Não joga. Acabou, pode dar W.O., fazer o que quiser. Por isso que estou avisando a...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários