Um dos jogadores brasileiros de maior destaque dentro e fora dos gramados na atualidade, o atacante Neymar aderiu nesta terça-feira à onda de protestos contra o racismo e a violência policial aos negros, depois da morte do norte-americano George Floyd, ocorrida no último dia 25, após uma ação policial na cidade de Minneapolis, nos Estados Unidos. O craque do Paris Sa...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários