Neymar não fechou as feridas abertas da Copa do Mundo, mas mostrou que seus pés podem abrir o caminho para a reconstrução da equipe. Com o golaço de falta aos 37 minutos do segundo tempo, garantiu a vitória contra a Colômbia por 1 a 0, em Miami, na primeira partida depois do desastre do Mundial. Reafirmou o que já sabia: o Brasil precisa de uma orquestra porque já tem o m...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários