Olten Ayres de Abreu, ex-árbitro e conselheiro vitalício do São Paulo, morreu ontem aos 87 anos. Advogado, ele atuou ainda como atleta, técnico e dirigente de futebol, professor de educação física, jornalista, músico e poeta. Como árbitro, teve carreira de sucesso. Destaca-se o trabalho no jogo de inauguração do Morumbi, em 1960, entre São Paulo e Sporting...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários