Uma menina tímida e de cabelos encaracolados, que achava que nunca sairia de Ferraz de Vasconcelos, transformou-se na nova cara da seleção brasileira feminina de futebol. Aos 17 anos, Vitória é a jogadora mais nova na lista da primeira convocação da técnica sueca Pia Sundhage, ela própria recém-contratada pela CBF para reformular o time. Yaya, como é chamada, tornou-se s...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários