Atualização: 14/12 às 16h38 
 
Após quatro anos, o palmense Lucas Sena, 29, voltou a conquistar o título estadual de mountain bike ao cruzar a linha de chegada da prova Botapralascar, disputada no domingo, 13, na Praia da Graciosa. Com 2h28m03s Sena após três voltas no circuito, ele sagrou-se hexacampeão tocantinense. O último título havia sido em 2016. Depois ele passou uma temporada em Brasília, mas voltou para a capital durante a pandemia.
 
“Com início da pandemia minha rotina de trabalho mudou bastante, tendo a oportunidade de estar em Palmas com família por mais tempo. Nos últimos três meses voltei a dar foco nos treinos, já que estava bom tempo sem competir. Com esse retorno breve ao Tocantins tomei decisão de competir novamente campeonato estadual de Mountain Bike”, conta o hexacampeão.
 
Sena acompanhou o desenvolvimento do esporte no Estado, por atuar como representante de marcas de bicicleta, e destaca ter notado o crescimento do esporte na região. “ O Tocantins é lugar onde me sinto em casa, ao lado dos amigos e da família, lugar que me despertou a paixão pelo mountain bike há 17 anos atrás. Fico feliz em ver como mountain bike cresceu e vem crescendo em nosso estado. Só tenho a agradecer a todos que sempre torceram por mim”, conclui.
 
Dupla coroa
Na elite feminina, a dianopolina Alessandra Póvoa Antunes Loureiro, 32, repetiu o desempenho do mês passado, quando se tornou campeã estadual de ciclismo de estrada, e conquistou a dupla coroa com seu primeiro título estadual de mountain bike.
 
Alessandra cruzou a linha apenas dois milésimos após a segunda colocada, Paula Rovani, de Palmas: 1:55:55,93 contra 01:55:57,76 da triatleta. 
“Estou muito feliz pela conquista, não esperava ser campeã também no MTB, pois meus treinos são mais voltados ao ciclismo de estrada, porém nos últimos dias me dediquei nos treinos na MTB e deu certo”, comemora a campeã. 
 
Sem equipe, Alessandra afirma ter treinado bastante durante todo o ano, mesmo durante a pandeia, quando priorizou o treino com o esposo, o também ciclista, Guilherme Loureiro. “Pude manter e fazer treinos mais isolados com meu esposo”.
 

Confira os campões estaduais

ELITE
Masculino
1- LUCAS SENA
2- SERGIO SILVA
3- MAICON DOUGLAS

Feminino 
1- ALESSANDRA POVOA LOUREIRO
2- LEIDIANE SANTOS LIMA
3- JORDANA RODIGUES MARQUES
 
MASTER 
Feminino
1- LARA SOUSA PEREIRA
2- PATRICIA EPURIO BOCA
 
MASTER A1 
1- WANDERSON OLIVEIRA
2- MARCOS VINICIUS FERREIRA SILVA
3- FAGO ALVES FONSECA
 
MASTER A2
1- EVERTON MACHARET
2- HELDER MOREIRA DE MELO
3- ANDER GONCALES DA SILVA
 
MASTER B 1
1- WELITON SILVA SANTANA
2- SANZIO BANDEIRA
3- ATARIOMAR BARROS DE SOUZA
 
MASTER B2
1- GILVAN MIRANDA CARDOSO
 
MASTER C
1- ABRAHAM ZUNIGA
 
Atualização: 14/12 às 16h38 para correção do nome do campeão Master C. O primeiro nome publicado, de Ademir Ruas, não estava filiado à FTC e a entidade corrigiu a lista para inclusão do campeão, Abraham Zuniga.