A Justiça do Trabalho condenou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ao pagamento de R$ 2 milhões por danos morais coletivos por “explorar comercialmente” a imagem dos árbitros de futebol. A entidade já informou que entrará com recurso contra a decisão do juiz da 49ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro. A CBF também está obrigada a negociar com entidade representativa ...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários