Passados 7 meses da tragédia no Ninho do Urubu, no Rio de Janeiro, que vitimou dez garotos, com idades entre 14 e 16 anos, da base do Flamengo, muitas famílias ainda não chegaram em acordo com o clube carioca. Porém uma notícia da última segunda-feira, 17, mostrou que há vida após o trágico incêndio no alojamento da base, que aconteceu no dia 8 de fevereiro deste ano. Um dos so...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários