O duelo entre China e Brasil, neste domingo, às 8h35, na final do Torneio Internacional de Chongqing, vai marcar o reencontro da técnica Pia Sundhage, atual comandante da seleção brasileira, com o time no qual atuou há doze anos como assistente. De lá pra cá, Pia esteve no comando de três seleções (Estados Unidos, Suécia e Suécia Sub-17), participou de três finais...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários