Ex-capitão da Roma e maior ídolo da história do clube, que ele defendeu por 25 temporadas como jogador, Francesco Totti confirmou nesta segunda-feira (17) que deixou o cargo de diretor técnico do time. Ele assumiu o posto há dois anos, logo depois de se aposentar dos gramados, e disse que resolveu sair por estar há tempos se sentindo encostado como dirigente. O ex-at...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários