Esporte

Depoimento de Lula ao juiz Sérgio Moro pode causar adiamento de partida da Copa do Brasil

Manifestações populares marcadas preocupam a Polícia Militar do Paraná, segundo jornal. Capital curitibana será palco dos dois eventos no mesmo dia

AFP
Ex-presidente Lula

Em função do depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao juiz Sérgio Moro, a Polícia Militar do Estado do Paraná pediu à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) nesta quinta-feira (27) que adie o jogo entre Paraná Clube e Atlético-MG, válido pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Segundo o jornal Gazeta do Povo, o pedido foi feito por causa das várias manifestações populares marcadas para o dia 10 de maio, data do depoimento de Lula e da partida na Vila Capanema, ambos os eventos em Curitiba. Apesar do horário do início do jogo estar marcado para às 21h45, considerado tardio, boa parte do contingente das forças de segurança ainda estará concentrado na sede da Polícia Federal, onde Lula falará. O fato, segundo a PM paranaense, inviabilizaria a realização do duelo.

A CBF não confirmou o recebimento do pedido de adiamento, mas é provável que, caso ele aconteça, o 1° duelo entre Paraná Clube e Atlético-MG seja realizado em 24 de maio, data em que seria realizada a partida de volta, em Belo Horizonte (MG).

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ