Foram 11 recordes sul-americanos nos últimos dois anos. Três deles somente em dezembro. Com este currículo e os seus 21 anos de idade, o carioca Guilherme Costa se tornou o nome do momento da natação brasileira e forte aposta para as provas de 400m, 800m e 1.500 metros na Olimpíada de Tóquio. Cachorrão, como é mais conhecido pelos amigos e colegas, despontou de vez no m...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários