Com cerca de R$ 350 milhões em dívidas e as contas penhoradas pela Justiça, a Portuguesa tem sobrevivido graças ao aluguel do estádio do Canindé para eventos. As negociações com as empresas que utilizam o espaço são feitas em dinheiro em espécie. Se cair na conta do clube, como aconteceu com o R$ 1,4 milhão recebido para disputar a Série A2 do Campeonato Paulista, o v...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários