Dois campeões olímpicos em suas modalidades, o ex-nadador russo Alexander Popov e o ex-atleta do salto com vara ucraniano Sergei Bubka negaram nesta sexta-feira as acusações feitas pelo ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, que está preso desde novembro de 2016, de que foram pagos para votarem a favor da cidade do Rio de Janeiro na eleição feita pelo Comitê O...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários