Esporte

Ciclismo de ouro

Tocantins é campeão com 12 douradas, 4 de prata e 8 de bronze

Consagração Equipe tocantinense comemora em cima do pódio a conquista inédita da Copa Norte e Nordeste de Ciclismo em solo palmense

Doze medalhas de ouro, quatro de prata e oito de bronze e a primeira colocação com 579 pontos. Este foi o saldo da conquista do título inédito do Tocantins durante a disputa da 41ª edição da Copa Norte e Nordeste de Ciclismo disputada em Palmas no último final de semana.

Na classificação geral, o Tocantins foi o campeão com 579 pontos seguido da Bahia com 549 e na terceira colocação chegou o Pará com 407 pontos. O evento reuniu mais de 250 ciclistas durante os três dias de competição, que contou com a realização de provas de contrarrelógio individual, resistência e circuito.

Melhor

Esta foi a melhor participação de uma seleção tocantinense na competição nacional até hoje, já que antes havia conquistado uma quarta posição alcançada em 2017, em prova disputada em São Luís do Maranhão.

No primeiro dia de competição, na última sexta-feira, o Tocantins terminou à frente da Bahia durante a disputa da prova contrarrelógio totalizando 229 pontos contra 206 da seleção favorita da Bahia.

O vereador Sargento Jenilson, da cidade de Gurupi, indicou o presidente da Federação Tocantinense de Ciclismo (FTC), Marcelo Leão para receber uma moção de aplauso hoje, às 9 horas, na sessão da Câmara Municipal, em razão não só da conquista dos ciclistas, mas também pela boa organização do evento nacional em solo tocantinense. A Copa Norte e Nordeste de Ciclismo de Estrada foi uma organização e realização da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) e Federação Tocantinense de Ciclismo (FTC), com apoio da Prefeitura Municipal de Palmas, e das entidades do Sesi e Sesc.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ