A única atleta feminina do Irã a conquistar uma medalha Olímpica, Kimia Alizadeh, de 21 anos, anunciou no fim de semana que estava desertando em razão da "hipocrisia, mentiras, injustiça e bajulação" e por estar, segundo ela, sendo usada como uma "marionete" pelo regime iraniano. Alizadeh anunciou sua decisão em um post no Instagram acompanhado de uma foto nos Jo...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários