Os usuários do YouTube podem, agora, denunciar casos de roubo de identidade com inteligência artificial. A técnica, chamada de deepfake, já foi usada em fraudes financeiras, disseminação de imagens íntimas falsas (incluindo de menores de idade) e desinformação eleitoral. A plataforma de vídeo mais popular do Brasil, com cerca de 120 milhões de ace...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários