Um esquema de desvios de recursos públicos em obras de ferrovias federais teve a participação de 37 empreiteiras, como Camargo Corrêa, Odebrecht e Mendes Júnior, em fraudes de licitação e pagamento de propina a ex-servidores da estatal Valec, segundo apontam investigações da Polícia Federal.A suspeita de conluio foi revelada ontem na operação batizada de Tabela Per...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários