A estudante de enfermagem Sara Gomes Batista conseguiu devolver ao remetente uma mercadoria adquirida pela internet e ser reembolsada dos valores já pagos. Sara casou em janeiro do ano passado e alguns itens da festa foram comprados em lojas não físicas. Entre esses itens estavam os 70 pares de chinelos que seriam distribuídos aos convidados. “Na compra foi tudo certo,...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários