Devido a problemas na demora de atendimentos aos clientes, o Procon Tocantins autuou a Companhia de Saneamento do Tocantins (BRK Ambiental) e a Caixa Econômica Federal (CEF) nesta semana. Ambas empresas têm dez dias para apresentar suas defesas para a avaliação da  comissão julgadora do órgão.  A medida do órgão fiscalizador está respaldada pelo artigo...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários