Apesar das promessas de abertura do mercado de gás natural do governo federal, a Petrobras segue com o domínio do setor. A empresa foi a única que manteve proposta em chamada pública para venda do combustível para as distribuidoras do Nordeste. A intenção das empresas era contratar o fornecimento de gás com preços mais competitivos do que os estabelecidos nos contratos a...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários