A partir desta quarta, 23, há um novo horizonte na história da computação. Em um artigo publicado na prestigiosa revista científica Nature, o Google atingiu a supremacia quântica. Ou seja: conseguiu que um de seus computadores quânticos tenha realizado uma operação matemática impossível de ser feita, em tempo razoável, por uma máquina clássica, que opera no sistema b...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários