Abate de matrizes aumenta no 1º semestre

O abate de matrizes bovinas cresceu 7%, no 1º semestre/2017, em relação ao mesmo período de 2016. Já o número de abates de machos registrou uma queda de 6%. No total, considerando o abate de fêmeas e machos, houve uma queda de 0,8%. O aumento do abate de fêmeas pode indicar uma redução de rebanho. Conversões de pastagens em terras…

Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários