Seis inquéritos foram instaurados pelo promotor Adriano Cesar Pereira das Neves, da 28ª Promotoria de Justiça da Capital, para investigar possíveis atos de improbidade administrativa em contratos de shows realizados no evento Palmas Capital da Fé, no ano de 2016, durante a gestão ex-prefeito Carlos Amastha (PSB). A determinação do Ministério Público Estadual (MP...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários