Levantamento da Pesquisa Industrial Anual (PIA) de 2019, divulgada nesta quarta-feira, 21, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostra que no referido ano, o Tocantins tinha 584 empresas industriais. Os dados apresentam o estado com uma forte concentração da indústria alimentícia no período em questão, entre as unidades da região norte.

O Tocantins é uma das Unidades da Federação que tem a atividade de fabricação de produtos alimentícios como a primeira em valor da transformação industrial.Os dados apresentados pelo IBGE, trazem uma parcela significativa de 50 % do Valor de Transformação Industrial (VTI) do estado, que é a diferença do valor bruto da produção industrial e dos custos das operações. 

O levantamento traz dados dos valores da transformação industrial nas unidades locais das três principais atividades econômicas. A fabricação de coque, de produtos derivados do petróleo e de biocombustíveis participaram com 15,9% do VTI. Ainda referente ao mesmo período de análise, a atividade extrativa, que avançou significativamente no Brasil na última década, registrou relevância no Tocantins, com a extração de minerais não metálicos (14,1%). Vale lembrar que a pesquisa só tem as três principais atividades econômicas industriais, por isso não fecha o percentual de 100%.

O IBGE realiza a pesquisa desde 1996 e vem retratando as características estruturais do segmento de empresas industriais no Brasil. Segundo o instituto, o setor da indústria é tradicionalmente reconhecido como o de maior agregação de valor, adensamento nas cadeias produtivas e promoção do desenvolvimento econômico.