Em entrevista coletiva à imprensa na tarde desta segunda, 07, o secretário estadual da Fazenda e Planejamento, Sandro Armando, disse que irregularidades encontradas em frigoríficos levaram o Governo do Estado a suspender os Termos de Acordo de Regimes Especiais (TARE) que mantinha com o setor. São R$ 57 milhões só de auto de infração, segundo o secretário, que informou a...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários