A Fiat Chrysler retirou nesta quarta-feira uma proposta de fusão com a Renault, após a Nissan, parceira da montadora francesa, recusar-se a apoiar a ideia. A Fiat disse que continua "firmemente convencida" da racionalidade da proposta, mas que "as condições políticas na França não existem atualmente" para que a ideia seja bem-sucedida. Os dois representantes da Nissan n...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários