Os quatro dias do 15º Festival Gastronômico de Taquaruçu (FGT) movimentaram quase R$ 2 milhões entre a venda de alimentos, montagem da infraestrutura e contratações de pessoas, conforme a Agência de Turismo de Palmas (Agtur).  O evento contou com a participação de 38 receitas concorrendo à premiação, divididas em cinco categorias.

No circuito, as barracas dos competidores venderam R$ 435 mil. Esse valor somado com a rota gastronômica - exclusiva para estabelecimentos locais-, o comércio em geral, e os ambulantes chegaram ao faturamento de R$ 1 milhão. Os pratos foram comercializados pelos valores de R$ 10,00 a R$ 14,00as comidinhas salgadas, de R$ 12,00 a R$ 18,00 os pratos salgados, de R$ 8,00 a R$ 12,00 os pratos doces, e de R$ 12,00 a R$ 17,00 os food truck, já os pratos da rota gastronômica entre R$ 15,00 e R$ 65,00. 

Para o evento, a Prefeitura de Palmas investiu R$ 800 mil na montagem da estrutura, contratação dos shows musicais e participações de chefs gastronômicos. Também estima o valor de R$ 200 mil na  contratação de pessoal, transporte e venda de combustível durante o período do festival, que começou na quinta-feira, 28, e seguiu até o domingo, 31.

E além do faturamento da venda dos pratos, o Festival distribuiu R$ 45 mil em prêmios aos primeiros, segundos e terceiros colocados, com R$ 6 mil, R$ 2 mil e R$ 1 mil conforme as colocações.