Um produtor de abacaxi de Miracema do Tocantins foi autuado em R$ 532,05 por estar usando um produto agrotóxico proibido para a cultura do fruto. A multa imposta é da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) e o produtor também deve ser autuado pelo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). A descoberta do uso indevido do pesticida Dimetoato ocorre...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários