Da sela de um cavalo a cama de um hospital, a história da campeã mundial Gessyca Moraes, 28 anos, em competições dos Três Tambores quase chegava ao fim em janeiro deste ano, quando a amazona sofreu um acidente de carro, no qual teve o corpo arremessado para fora do veículo. Além de fraturar sete costelas, escápula direita e a vértebra, ela perfurou o pulmão. Quis o dest...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários