Antena Ligada

De prefeito de Palmas a governador em 2018?

Um nome citado para a disputa eleitoral ao governo do Estado em 2018 é o do prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB). Perguntado sobre o assunto, Amastha respondeu que não abre mão de participar ativamente do debate político e de projetos para o Tocantins. Mas ao ser questionado se será candidato a governador, ele frisou: “Ainda é prematuro falar sobre isso”. É fato que existe um plano em curso no Paço Municipal da Capital para viabilizar a candidatura de Amastha ao Palácio Araguaia. Nessa preparação, entra, inclusive, a vice-prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB), que passará por um curso intensivo de prefeita.

CAPS

O governo do Estado autorizou o repasse de R$ 2,4 milhões aos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) de Araguatins, Araguaína, Augustinópolis, Buriti do Tocantins, Colinas do Tocantins, Dianópolis, Formoso do Araguaia, Gurupi, Miracema do Tocantins, Palmas, Paraíso do Tocantins, Pequizeiro, Porto Nacional, Sítio Novo, Tocantinópolis e Taguatinga. O volume total será dividido entre as unidades.

Wanderlândia

A Prefeitura de Wanderlândia firmou convênio com o governo do Estado para pavimentação asfáltica de vias urbanas no valor de R$ 600 mil.

Paraíso

O governo do Estado paralisou as obras de pavimentação, recapeamento e recuperação asfáltica no parque agroindustrial de Paraíso do Tocantins. A justificativa: período chuvoso. A paralisação foi publicada no Diário Oficial do Estado de segunda-feira, mas foi assinada dia 1º de dezembro de 2016.

Ricardo Ayres (PSB)

Deputado estadual

Qual será o papel do senhor na Prefeitura de Palmas enquanto secretário?

“Estabelecer uma proximidade de Palmas com os demais municípios, mostrando as ações que estão feitas e podem servir de modelo. Estaremos dando visibilidade à Capital e criando uma relação com os demais municípios. Também tem o viés de preparação do partido para o processo eleitoral de 2018.”

Cooperação

Os prefeitos de Miranorte, Aliança do Tocantins e Lajeado firmaram um termo de cooperação técnica com o governo do Estado de intercâmbio de conhecimento. Os termos foram assinados no último dia 2, com vigência até 31 de dezembro de 2017.

Contratos

O governo do Estado publicou a extinção de 17 contratos temporários. Apesar de a publicação ocorrer agora, as extinções são retroativas a agosto, outubro e novembro do ano passado. Um caso curioso é do Helio Souza Barros, motorista de ambulância, que teve a extinção do seu contrato retroativo a 30 de dezembro de 2014.

Outros

O governo também publicou a alteração de vigência de 136 contratos temporários, mas todos, pelas datas de encerramento, já estão extintos.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ