Estado

Suposta integrante do PCC é detida com 23 kg de maconha pela PRF

Ação aconteceu na BR-153 em Gurupi; ela relatou que seu marido, há pouco tempo morto, era traficante

PRF/Divulgação
Mulher foi detida na madrugada desta segunda-feira
PRF/Divulgação
Material encontrado com suspeita

Aproximadamente de 23 Kg de maconha foram apreendidos na madrugada desta segunda-feira, 17, na BR-153, próximo a Gurupi, Sul do Estado. A droga estava com uma mulher, de 22 anos, que seria ligada ao grupo criminoso conhecido como Primeiro Comando da Capital (PCC). A ação foi realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) durante um patrulhamento tático. 

Conforme a PRF, os agentes abordaram um ônibus, que faz a linha Goiânia (GO) a Teresina (PI), e durante a fiscalização no bagageiro inferior do veículo foi encontrada uma mala com a droga. Ao todo eram 26 tabletes de substância análoga à maconha, que totalizaram 22,4kg.

A PRF informou que após buscas a dona da mala foi encontrada. Ao ser questionada sobre o entorpecente, a suspeita confessou à polícia que levaria o material ao Piauí. Ela também relatou que seu marido seria um traficante que teria sido morto recentemente. 

Ainda segundo a polícia, após uma revista aos pertences pessoais da suspeita foram encontradas anotações com dados de uma suposta filiação ao grupo criminoso. A PRF também encontrou um caderno com os princípios e diretrizes, que supostamente devem ser seguidos pelos membros do PCC. A suspeita foi levada para a Central de Flagrantes de Gurupi.

 

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ