Estado

Condenadas pessoas que mataram homem por ter furtado celular

Homem teria furtado celular e jaqueta de uma das condenadas. Um menor teria participado do homicídio.

Em janeiro deste ano, um homem foi imobilizado e assassinado a facadas após suspeita de ter furtado um celular e uma jaqueta na zona rural de Formoso do Araguaia, Sul do Tocantins. Os envolvidos, duas mulheres, de 20 e 21 anos, um rapaz de 19 e um menor de 16 anos, foram condenados em julgamento na última quarta-feira, 17. As informações são do G1 Tocantins.

De acordo com o Tribunal de Justiça do Tocantins, as mulheres teriam desferido golpes de facas contra o suspeito e foram condenadas por homicídio qualificado por motivo fútil. O rapaz de 19 anos foi sentenciado por lesão corporal seguida de morte e corrupção de menor. O adolescente também foi condenado, pegou a pena máxima para menores infratores e ficará em uma unidade de internação por três anos.

Se somado, a pena de todos os condenados ultrapassa 27 anos. As duas mulheres foram levadas para o presídio feminino de Tocantínia e o homem para a cadeia local de Formoso do Araguaia.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ