Estado

Inquérito requer fim de terceirização nos presídios

Investigação instaurada ontem terá atuação conjunta de MPE, MPF, PF, TCE e Ministério da Justiça para apurar irregularidades no trabalho da Umanizzare no Tocantins

Elias Oliveira
O Ministério Público Estadual (MPE) instaurou um inquérito civil, através do Grupo Especial de Controle Externo da Atividade Policial (Gecep), para apurar problemas relacionados à atuação da empresa Umanizzare Gestão Prisional Ltda no Tocantins. O órgão solicitou ao governo do Estado a substituição da empresa por servidores concursados ou que se abra uma nova licitação,...
Matéria exclusiva para assinantes
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ