Estado

Governo renova contrato por um ano

Enquanto Ministério Público Estadual (MPE) investiga irregularidades da Umanizzare, Secretaria de Cidadania e Justiça (Seciju) mantém permanência da empresa

Elias Oliveira
Complexo Prisional Serra do Carmo é promessa para desafogar prisões, mas ainda não deslanchou
Instalada no Estado em dezembro de 2011, a Umanizzare Gestão Prisional e Serviços Ltda, responsável pelos serviços de operacionalização da Casa de Prisão Provisória (CPP) de Palmas e da Unidade Prisional Barra da Grota, em Araguaína, é alvo de investigações do Ministério Público Estadual (MPE) por supostas irregularidades nos serviços prestados. Mas mesmo assim no dia 1º...
Matéria exclusiva para assinantes
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ