Estado

Estado faz pactuação para atender parte das crianças em Araguaína

Conforme o JTo noticiou em dezembro do ano passado, uma decisão liminar deu prazo de 30 dias ao Estado para a retomada das cirurgias eletivas pediátricas, suspensas desde abril de 2015, mas o Estado descumpriu a decisão.

Na ocasião, a liminar ordenava a reorganização da logística de abastecimento de medicamentos, materiais e da escala médica . A Secretaria de Estado da Saúde respondeu que está executando um Plano de Realização de Cirurgias Eletivas Pediátricas. “Pacientes que aguardam por estes procedimentos já começaram a ser atendidos no Hospital Municipal de Araguaína. O pactuado com o município de Araguaína é a realização de 30 cirurgias por mês”, diz trecho da nota enviada.

A pasta informou que Hospital Infantil de Palmas também está realizando estes procedimentos eletivos e que a secretaria busca profissionais para a ampliação dos atendimentos eletivos cirúrgicos infantis.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ