Esporte

Visões opostas do 2 a 2

Fluminense lamenta empate cedido no fim para o Flamengo, que comemora ponto

Marcelo de Jesus/Framephoto/Estadão Conteúdo
Marcado por Henrique (E) e Reginaldo (D), Vinícius Júnior arrisca chute no clássico do Maracanã. Rivais seguem empatados em pontos e longe da ponta

Um gol aos 49 minutos do segundo tempo garantiu, neste domingo (18), no Maracanã, o empate por 2 a 2 no clássico entre Fluminense e Flamengo, pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em um jogo movimentado, especialmente no segundo tempo, a equipe de Abel Braga parecia que encerraria a incômoda sequência sem vitórias. Até o chute preciso de Trauco garantir a igualdade ao time de Zé Ricardo.

O resultado, contudo, não foi bom para nenhuma das equipes. O Fluminense chegou à quarta partida sem vitória e segue nas posições intermediárias da tabela de classificação, com os mesmos 11 pontos do Flamengo, que continua sem engrenar na competição nacional.

Ao final da partida, o técnico do Fluminense, Abel Braga, lamentou a vitória que escapou no último lance da partida. “Fica um gosto amargo”, resumiu. Sentimento diferente nutriu o comandante flamenguista, Zé Ricardo. “Parabenizei a equipe no fim por não desistir do jogo. Era importante não perdemos esse jogo, porque temos sequência de partidas no Rio.”

Os dois times entraram em campo hoje com objetivos similares: vencer, deixar a zona intermediária e retomar a confiança abalada após uma sequência inconstante de atuações. Mas, se a necessidade do triunfo poderia levar a uma disposição ofensiva, ao menos no início ocorreu justamente o contrário: preocupados em não perder, Fluminense e Flamengo fizeram um jogo tenso e estudado e o empate acabou enterrando as pretensões de ambos.

Wendel, aos 36 minutos do primeiro tempo abriu o placar para o Fluminense. Na etapa final, Diego, aos 9 empatou, mas Henrique Dourado, de pênalti, aos 35 voltou a colocar o Flu em vantagem. Porém, já aos 49, quando o duelo parecia liquidado, Trauco recebeu passe, arriscou de longe e a bola entrou no canto. Um belo gol para coroar o bom empate no Maracanã.

O Botafogo, enfim, voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Depois de quatro partidas sem ganhar nenhum jogo na competição, a equipe do técnico Jair Ventura derrotou a Chapecoense por 2 a 0, hoje, na Arena Condá, em Chapecó, pela oitava rodada. Roger e Rodrigo Pimpão foram os autores dos gols.

Apesar da derrota diante de seus torcedores, a Chapecoense continua na zona de classificação da Copa Libertadores, em 5º, com 13 pontos. Já o Botafogo, que conquistou sua primeira vitória fora de casa no Brasileiro, chegou aos 12 e está na 7ª posição.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ