Esporte

Cristiano Ronaldo novamente pela quarta vez

Craque do Real Madrid supera Messi e Griezmann e é eleito pela quarta vez o melhor jogador do mundo; Malaio desbanca Marlone no Puskás

Divulgação FIFA
Astro Craque português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, beija o troféu de melhor jogador do mundo pela quarta vez, na premiação da Fifa, em Zurique

Cristiano Ronaldo confirmou o favoritismo e foi eleito pela Fifa, ontem, o melhor jogador do mundo de 2016. O troféu foi entregue em evento batizado de Fifa The Best, realizado em Zurique, na Suíça. É a quarta vez que o português recebe o prêmio – as outras foram em 2008, 2013 e 2014.

O craque bateu na decisão o argentino Lionel Messi (Barcelona), seu rival de sempre, e o francês Antoine Griezmann (Atlético de Madri), coadjuvante na disputa. O prêmio levou em conta votos do público e de jornalistas, além do de capitães e treinadores de seleções. O vencedor recebeu 34,54% dos votos. Segundo colocado, Messi terminou com 26,42% e Griezmann, o terceiro, com 7,53%. Com a conquista, Cristiano Ronaldo superou Ronaldo “Fenômeno” e Zinedine Zidane em prêmios da Fifa. O brasileiro (1996, 1997 e 2002) e o francês (1998, 2000 e 2003) somam três títulos de melhor do mundo cada um. O camisa 10 do Barcelona, bem como seus companheiros de time, não compareceu à entrega do prêmio, alegando que não poderia abandonar os treinos do Barcelona.

Falcão

Outro ponto alto da noite foi a homenagem para o jogador brasileiro de futsal Falcão. Ele foi chamado no palco da cerimônia de gala da entidade para receber uma placa por tudo o que fez durante sua carreira como atleta. Feliz, Falcão fez um discurso emocionado e foi muito aplaudido, segundo o Globoesporte.com. “Também representando, como brasileiro, agradeço todo carinho que vocês mostraram e solidariedade por tudo que aconteceu com a Chapecoense, com o futebol brasileiro. O Atlético Nacional da Colômbia também. Eu, como brasileiro, não posso deixar de agradecer. Até porque a minha última Copa do Mundo foi na Colômbia também e pude conhecer um pouco mais do povo colombiano”. destacou o craque Falcão.

Premiados

A Fifa também distribuiu ontem a premiação de melhor jogadora do mundo em 2016 e o prêmio ficou com a norte-americana Carli Lloyd, do Houston Dash. Ela derrotou a brasileira Marta e a alemã Melanie Behringer, do Bayern de Munique. Este foi o segundo troféu consecutivo da jogadora, que desbancou Marta no ano anterior.

A premiação do gol mais bonito trouxe decepção aos brasileiros. Com um gol de falta, em fevereiro, pelo Penang F.C, da Malásia, o malaio Mohd Faiz Subri ficou com o prêmio Puskas. Entre os técnicos, o italiano Claudio Ranieri, que levou o Leicester ao título do Inglês, foi eleito o melhor do mundo.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ